quinta-feira, 17 de agosto de 2017

"O QUARTO MÁGICO", DE SARAH ADDISON ALLEN

9 de agosto de 2017 - 22h30

Terminei agorinha mesmo a leitura do maravilhoso livro "O Quarto Mágico", escrito pela autora americana Sarah Addison Allen, e não consegui esperar nem um minuto para registar a minha opinião. (Sem computador, tive de fazê-lo no meu caderno de rascunhos!)

Estou encantada! Estou de olho arregalado e sorriso no rosto, como que deslumbrada com as maravilhas de um ilusionista. Parece que vi (ou li) magia.
Desde as primeiras páginas que soube que iria gostar desta obra de 2008, porque cedo senti afinidades com a personagem principal e muita vontade de conhecer toda a sua história (passada e futura). E não fiquei nem um pouco desiludida, pelo contrário. Fui surpreendida por diversas vezes ao longo da leitura, à medida que segredos foram sendo desvendados, se revelaram personalidades e fortaleceram-se relações.

Josey, a protagonista deste livro, é uma mulher solitária, conformada e insegura mulher de 27 anos, cuja vida se resume a "tomar conta" da sua octogenária mãe e a consolar a sua própria infelicidade com comida, especialmente doces, bem como com a leitura de romances e revistas de viagens.
Margaret, uma mulher dura e poderosa, marcada por uma vida luxuosa, artificial e invejada, mas afastada de amor e felicidade, retém a sua filha em casa, usando-a como dama de companhia e impossibilitando-a de ter vida própria.
Mas tudo isto começa a mudar quando Della Lee, uma mulher com cadastro criminal, se esconde no armário do quarto de Josey, fugindo de uma vida que já não quer, e promete ajudá-la a encontrar a felicidade.

Não conto mais!
O resto é para descobrir página a página, capítulo a capítulo. Porque vale mesmo a pena, porque é mesmo encantador e porque a surpresa é um ingrediente especial nesta viagem mágica.

Gostei da escrita, do enredo, das personagens, dos espaços descritos, do entrelaçado entre presente, passado e futuro.
Curiosamente, não consegui identificar em que "tempo" se passa a história, em que época ou século. Pequenos detalhes foram deixando dicas, mas nada de concreto e, a partir de determinado momento, deixei de tentar descobrir e passei a encarar esta situação como parte da magia do livro.
Ler este romance foi mesmo uma experiência agradável e revitalizante, cheia de suspiros, brilhos no olhar e sorrisos de encantamento.


quarta-feira, 16 de agosto de 2017

ENCONTRO DE VEÍCULOS CLÁSSICOS EM ARMAÇÃO DE PÊRA

Na manhã do passado dia 6 de agosto, em Armação de Pêra, realizou-se o 40.º encontro do "Clube dos Veículos Clássicos do Barlavento", uma iniciativa da responsabilidade do respetivo clube, com o apoio da Junta de Freguesia da localidade algarvia.
Na altura, estava de férias na vila e não pude deixar passar a oportunidade de ir até ao jardim junto à marginal espreitar todos aqueles automóveis clássicos, que trazem à memória diferentes épocas e histórias.
Não consegui tirar fotografias a todos, mas aproveitei para ficar com registo de alguns dos 80 que estavam expostos, os quais se encontravam em excelente estado de conservação.























Por volta das 13h, os veículos expostos formaram um desfile e percorreram as ruas da vila, dando a milhares de moradores e visitantes a oportunidade de os verem em circulação.
Através da página de facebook do "Clube de Veículos Clássicos do Barlavento", fiquei a saber que estes encontros já se realizam há mais de 3 anos, sempre no 1.º domingo de casa mês. 

O meu preferido

terça-feira, 15 de agosto de 2017

A BORDO DE UM LIVRO - ARLINGTON (VIRGÍNIA, EUA)

A história do livro «Amor às Claras», de Laura Kaye, cuja opinião deixei AQUI, passa-se em Arlington, nos Estados Unidos da América.

Havendo várias cidades com o mesmo nome, localizadas em diferentes Estados americanos, tive de fazer uma maior pesquisa para descobrir qual delas correspondia à referida no livro, socorrendo-me de algumas «dicas» que nele fui encontrando.
Assim, penso que posso mostrar-vos um pouco do local onde decorre a ação, apresentando-vos algumas imagens e curiosidades.

ARLINGTON é um dos 96 condados do Estado americano de Virgínia.
É um condado totalmente urbanizado, não composto por várias cidades, com uma área de 67,6 km² (sem qualquer área de água) e um total de 307 627 habitantes.

Localização do Estado da Virgínia nos EUA

Localização do condado de Arlington no Estado da Virgínia


Em Arlington localizam-se dois importantes monumentos americanos,
ambos relacionados com a Guerra Civil deste país:


PENTÁGONO: Sede do departamento de defesa dos EUA, um dos maiores escritórios do mundo e símbolo das Forças Armadas.


CEMITÉRIO NACIONAL DE ARLINGTON: O mais conhecido e tradicional cemitério militar dos EUA, fundado no antigo terreno do palácio da família da esposa do comandante das forças confederadas da Guerra Civil Americana.





 


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

"AMOR ÀS CLARAS", DE LAURA KAYE

Depois de ter lido "Corações na Escuridão" e de ter ficado apaixonada por Makenna e Cafen e pela relação entre estas duas personagens principais, foi uma surpresa extremamente agradável reencontrá-las em "Amor às Claras" e poder testemunhar a continuação do seu romance.

Neste novo livro de Laura Kaye, da editora "O Castor de Papel", Makenna e Caden estão juntos há mais de 2 meses e cada vez mais apaixonados um pelo outro.
No entanto, após conhecer a família de Makenna e um antigo noivo, Caden volta a ser assombrado por terríveis pesadelos, que trazem à tona a tragédia que, quando era miúdo, lhe levou a mãe e o irmão mais novo, mudando para sempre a sua vida.
Inseguro, traumatizado e ainda muito fragilizado, o protagonista reage de forma inesperada perante a possibilidade de ter encontrado o grande amor da sua vida e revela todos os medos de viver a vida.

Já tinha gostado do primeiro livro, mas "Amor às Claras" superou largamente as minhas expetativas.
Para além de continuar a apreciar a sensualidade realista das cenas eróticas entre Makenna e Caden, foi muito bom desfrutar também da intimidade emocional dos dois, bem como conhecer melhor cada um deles e as suas histórias de vida.
Gostei bastante de todo o enredo, dando destaque às novas personagens (principalmente aos irmãos e pai de Makenna e ao Capitão Joe), que vieram enriquecer a história e fortalecê-la em conteúdo e momentos-chave de novas intrigas e sentimentos.
A escrita de Laura Kaye agrada-me bastante e, aliada à qualidade do enredo, tornam a leitura de "Amor às Claras" deveras interessante, cativante e fluída, ideal para quem encara a leitura como uma forma de se distrair e enamorar.

Um MUITO OBRIGADA à editora por esta magnífica oferta.


sexta-feira, 4 de agosto de 2017

PRATOS DO MEU PALEO

Depois de muito ler sobre a alimentação paleo, cheguei facilmente à conclusão que só conseguirei segui-la se a adaptar às minhas necessidades, gostos e rotinas de vida. E é o que tenho feito!

Até ao momento, passados 5 meses de alimentação paleo, perdi volume e peso (11 kgs), mas o mais importante é que recuperei energia, regularizei os sonos e aumentei o amor próprio.

E preparo refeições tão bonitas!!!

Omeleta de courgete, chouriço e coentros, com salada de alface, cebola e cenoura, e abacaxi fresco.

Base de alface, com queijo fresco, iogurte grego natural, amêndoa ralada, tomate cherry e papaia.

Torresmos, ovo mexido, salada de alface, cenoura e rúcula, laranja.

Ovos escalfados em refogado de cebola, pimentos e brócolos, queijo fatiado, tomate.

Espinafres, batata doce e abóboda fritas em azeite, atum natural, azeitonas.

Que tal?