quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

«INSÓNIA», DE J.R. JOHANSSON

Há já vários meses que a «4 Estações Editora» gentilmente me ofereceu o livro «Insónia», escrito por J. R. Johansson.

Curiosamente (ou talvez não), decidi pegar nele precisamente num dia em que o sono não chegava, estando a cabeça a pedir uma nova história à qual se dedicar. 
Adequado o tema à realidade, motivante a sinopse e encantadora a capa, melhor livro não poderia ter escolhido naquele dia, pois a ele fiquei agarrada do princípio ao fim.

«Insónia» tem como principal personagem Parker Chipp, um jovem de 16 anos com uma vida social aparentemente normal, mas que esconde um problema que poderá levá-lo à loucura e à morte: não dorme há cerca de 4 anos.
Na realidade, todas as noites, em vez de dormir de forma tranquila, Parker entra nos sonhos da última pessoa com quem cruzou olhares antes de adormecer, o que o leva a viver experiências muito intensas e a andar esgotado durante todo o dia.
Quando a situação está já bastante grave, o protagonista conhece uma nova colega de escola e, quando entra nos seus sonhos, descobre que é possível voltar a dormir descansado. Mia só tem sonhos tranquilos e serenos, o que permite que Parker repouse e recupere energias, transmitindo-lhe esperança de vida.
Mas, para isso, o rapaz terá de cruzar o seu olhar com o de Mia todos os dias antes de dormir, o que se transforma rapidamente numa espécie de vício diário, que o leva a ultrapassar vários limites, ao ponto de afastar de si os melhores amigos.

Gostei muito de ler esta obra de ficção, cuja história é bastante cativante e surpreendente, prendendo o nosso interesse do início ao fim.
As personagens são divertidas e muito reais, contrastando com os seus sonhos, todos eles uma versão meio louca da realidade, vivências e aspirações de cada uma.
O protagonista é empático e conseguiu, desde cedo, a minha cumplicidade, sentindo-me quase como uma confidente dos seus medos e desejos e levando-me a acreditar nele até ao desvendar de todos os mistérios.
A historia vai crescendo de interesse com o passar das páginas e conseguiu surpreender-me por diversas vezes, terminando com um final mesmo inesperado.

Gostei bastante da forma de escrever da autora, que usa uma linguagem muito acessível sem ser demasiado simples. Escreve sem descrições espaciais muito pormenorizadas, mas de forma que conseguimos quase visualizar os acontecimentos e as personagens. Usa diálogos ricos e que nos aproximam do viver e do pensar das personagens.

Envolvendo personagens e um cenário muito jovens, parece-me um livro bastante apelativo para jovens-adultos que gostem de um bom enredo e de se identificar com elementos da história contada.

Aconselho vivamente a sua leitura e, em parceria com a editora, OFEREÇO um PREÇO ESPECIAL a quem quiser adquiri-lo através do e-mail lunamarisa91@gmail.com.

2 comentários :